Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2007

nao sei nada de biologia - fui à wikipedia

"O Espermatozóide é uma célula com mobilidade ativa, capaz de nadar livremente, consistindo em uma cabeça e uma cauda ou flagelo blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá Vivem em média 24 horas no trato genital feminino, porém alguns espermatozóides são capazes de fecundar o óvulo após três dias."

"O óvulo - também conhecido como ovócito II - tem um período para sair do ovário, quando este chega blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá porém, se nenhum espermatozóide o alcançar, o óvulo morre, e começa uma descamação da parede do endométrio gerando novamente a menstruação da mulher."

O Espermatozóide vive...

O óvulo morre, portanto também vive...

"Após a fecundação, o óvulo passa a se chamar zigoto"

É óbvio que o zigoto vive, embora a frase não seja explicita na wikipedia.

A vida é complicada não é? Dá para todas as retóricas. Talvez seja melhor não impôr a nossa moral ao resto do Mundo.

(talvez  continue este assunto)


publicado por zéoliveira às 16:42
| comentar | ver comentários (1)
|
Segunda-feira, 15 de Janeiro de 2007

Acerca da felicidade - superficial reflexão

A felicidade é uma ideia recente na História, quase uma abstracta modernice. E curioso quando hoje já é o produto mais apetecido.

Tem misteriosos mecanismo e gatilhos essa quimera. Há quem consiga chegar à felicidade no meio de inacreditáveis complicações e desgraças pessoais. Há quem seja militante da infelicidade, mesmo acampado no meio do paraíso.

É curioso fazer a análise pessoal desse estado de alma, o equilibrado será sofrer realmente com as reais porcarias que nos acontecem e que nao queríamos. No resto do tempo procurar activamente as formas de que se poderá revestir essa coisa.

Vamos-nos aprendendo, vamos aprendendo os outros e por isso é que a trajectória acaba por ser ascendente nessa procura. Procurar a felicidade é como ter umas calças novas, cada dia e cada ano são mais confortáveis e mais coçadas, cada dia o caminho tem menos pedras.


publicado por zéoliveira às 00:34
| comentar | ver comentários (2)
|
Segunda-feira, 8 de Janeiro de 2007

natal

Foi há pouco tempo o Natal, ainda me lembro como se fosse ontem, passámos a noite em casa dos meus avós, houve Pai Natal como sempre. Mas a bola de futebol que os meus pais me deram… era a oficial do Mundial e tinha as bandeiras dos países todos que participaram. A prenda perfeita. O Natal de 1986 foi o melhor de todos os tempos. Passaram 20 anos.

Este ano a minha mãe ofereceu-nos um livro fantástico, escrito por ela, dos melhores que li nos últimos tempos. Acho que este também vai ser para recordar por isso. E porque foi talvez o primeiro de muitos Natais em que se normalizou a geometria variável da família… uma coisa nova para os que sempre lá estiveram e que nunca tinham experimentado este novo sabor.

É também o Natal que muda. E às vezes custa ser assim.


publicado por zéoliveira às 15:05
| comentar | ver comentários (1)
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
14

16
17
18
19
20
22

23
24
25
26
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. nome: poraqui | cor: pret...

. falta-me os tomates para ...

. tipover

. sempre

. blogs como este, do umbig...

. o mundo é como é

. She Wants Revenge - What ...

. ...

. um dia vais ver!

. 2 mulheres hoje no metro

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds