Segunda-feira, 2 de Julho de 2007

medical science breakthrough

uma equipa de investigadores da Universidade de Glasgow descobriu que o amor não está no coração nem no cérebro, ao contrário do que se pensava.

está num orgão minúsculo entre o cerebelo e a espinal medula, até agora desconhecido.

a equipa afirma que os potenciais da descoberta são enormes, já se fizeram os primeiros testes de remoção do referido orgão com sucesso. equipas ligadas à engenharia genética implantaram genoma de um hamster no orgão de um voluntário inglês. as duas cobaias, o inglês e o hamster, partiram em lua de mel num cruzeiro pelo Mediterrâneo.

mais desenvolvimentos, se se justificar serão aqui publicados.


publicado por zéoliveira às 00:12
| comentar
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
14

16
17
18
19
20
22

23
24
25
26
28
29

30
31


.posts recentes

. nome: poraqui | cor: pret...

. falta-me os tomates para ...

. tipover

. sempre

. blogs como este, do umbig...

. o mundo é como é

. She Wants Revenge - What ...

. ...

. um dia vais ver!

. 2 mulheres hoje no metro

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds